Saiba por que o armazenamento hiperconvergente é fundamental para o crescimento estratégico de sua estrutura de TI

05 May

A tecnologia hiperconvergente fornece maior controle sobre o provisionamento de armazenamento em um ambiente de servidor virtual. Além de fornecer aos administradores recursos de gerenciamento de painel único, os nós de armazenamento hiperconvergentes podem ser conectados e redimensionados horizontalmente. 

 

Isso permite, por exemplo, que os administradores criem uma infraestrutura de armazenamento distribuído na qual os componentes de armazenagem direto (DAS) de cada servidor físico são combinados para criar um conjunto lógico de capacidade de disco.

 

Basicamente, o armazenamento hiperconvergente é um tipo de armazenamento definido por software, porque cada nó tem uma camada de software executando sua virtualização, de forma idêntica, a todos os outros nós no cluster. 

 

Essas camadas de software virtualizam os recursos no nó individual e os compartilham com os outros nós no cluster. Isso permite que o armazenamento e todos os outros recursos sejam usados ​​como um único conjunto de armazenamento ou computação.

Os benefícios estratégicos para o armazenamento hiperconvergente

Uma das principais vantagens do uso de uma infraestrutura hiperconvergente é que o aspecto da virtualização possibilita o uso de hardware comercial disponível com base em processadores x86 baratos para formar os nós individuais. 

 

Isso significa que os dispositivos de infraestrutura hiperconvergente (HCI) podem ser mais baratos se os administradores de TI construírem os seus próprios ambientes e os fornecedores puderem pagar menos pelos componentes de um dispositivo completo.

 

Outra vantagem é que os nós mais podem ser adicionados a um cluster para facilitar a aplicação do armazenamento em expansão.

 

O armazenamento em expansão é uma arquitetura NAS (Network-Attached Storage ) na qual a quantidade total de espaço em disco pode ser expandida através da adição de dispositivos em matrizes conectadas com seus próprios recursos.

 

Em um sistema de expansão, um novo hardware pode ser adicionado e configurado conforme a necessidade. Quando um sistema de expansão atinge seu limite de armazenamento, outra matriz pode ser adicionada para expandir a capacidade do sistema. 

 

O armazenamento em expansão pode aproveitar o armazenamento extra adicionado nas matrizes e usar dispositivos adicionais para aumentar a capacidade de armazenamento em rede, adicionando desempenho e atendendo à necessidade de adicional.

Preocupações de desempenho com opções de armazenamento hiperconvergentes

Muitos fornecedores de armazenamento hiperconvergente afirmam que o desempenho da CPU nunca será um problema, porque as arquiteturas hiperconvergentes se expandem. 

 

No entanto, o recurso da CPU não é agregado como a capacidade de armazenamento. Como o armazenamento em um nó é agregado com o armazenamento dos outros nós em um único pool virtual, tarefas específicas precisam ser atribuídas a núcleos específicos em cada nó no cluster. 

 

Alguns desses núcleos devem ser atribuídos aos processos do software de armazenamento. Se um nó específico ficar sem núcleos ou poder de processamento, ele não poderá descarregar sua tarefa de gerenciamento de armazenamento para outro nó no cluster.

 

A solução mais óbvia para esse problema é compensar e comprar mais recursos de computação do que o necessário. Mas a compensação com a compra de CPU extra aumenta o preço do sistema hiperconvergente e, à medida que o ambiente continua aumentando, a CPU extra corre o risco de se tornar um gargalo.

 

A outra alternativa é colocar energia da CPU dedicada em nós projetados especificamente para processar operações de armazenamento pesado da CPU, como desduplicação e compactação. A vantagem dessa abordagem é que ela mantém a integridade do conceito hiperconvergente, fornece um perfil de desempenho mais consistente e o faz com custos adicionais mínimos.

Em busca das melhores alternativas

O desempenho da computação é um componente crítico para a arquitetura hiperconvergente e é difícil de garantir para um aplicativo. 

 

Para organizações com aplicativos que exigem alto desempenho ou desempenho muito específico, os profissionais de TI devem procurar plataformas que possam descarregar ou dedicar o desempenho da CPU a operações intensivas de I/O de armazenamento. 

 

Para entender o que um appliance hiperconvergente faz, é importante entender como a hiperconvergência funciona. Em seguida, veja como a tecnologia hiperconvergente pode ajudar sua empresa.

 

Para ajudá-lo a descobrir qual appliance hiperconvergente é o ideal para sua organização, primeiro explore o que os fornecedores podem fazer e, em seguida, consulte as descrições detalhadas de produtos para alguns dos principais fornecedores de produtos hiperconvergentes do mercado hoje.

 

Com a solução certa, sua empresa pode acelerar os negócios, aumentar os resultados, diminuir os ciclos de desenvolvimento e impulsionar novos níveis de agilidade nos negócios. Para saber mais, entre em contato agora mesmo com os especialistas da Visual Systems.

Sobre a Visual Systems

A Visual Systems é uma empresa de Serviços de Tecnologia da Informação, com 25 anos de mercado, especializada em ITSM, Datacenter, Cloud e Infraestrutura. A Visual Systems possui soluções para empresas que precisam de confiança para gerir seus negócios e superar os seus desafios.

 

Com atuação em todo o território nacional e também em países da América Latina, a Visual Systems possui um Centro de Suporte que adota processos de acordo com o padrão internacional de boas práticas, definidos pelo HelpDesk Institute – HDI. 

 

O foco da organização é que o cliente tenha um ambiente completamente seguro e possa dispor as energias para o negócio enquanto nossa equipe garante que qualquer incidente em seu ambiente de TI seja rapidamente controlado, reduzindo impactos negativos e aumentando a eficiência e a produtividade da sua equipe.