Como enfrentar os desafios de provisionamento de recursos na Hiperconvergência

28 Apr

A infraestrutura Hiperconvergente (HCI) promete tornar o provisionamento de recursos de TI, incluindo armazenamento, menos complicado, graças à sua escalabilidade. 
 
Quando a TI precisa fornecer mais poder de processamento ou capacidade de armazenamento aos aplicativos ou precisa suportar mais cargas de trabalho, os times de TI adicionam mais servidores, que se tornam nós no cluster. 
 
Cada nó inclui uma quantidade determinada de capacidade de computação e de armazenamento, e o ambiente é escalado automaticamente conforme as demandas necessárias.
 
O desafio é que a infraestrutura hiperconvergente sacrifica a eficiência para um provisionamento mais simples de recursos. A maioria dos datacenters não exige capacidade computacional, desempenho e capacidade de armazenamento adicionais no mesmo ritmo. 
 
Em quase todos os ambientes de HCI, um ou dois desses recursos estão desequilibrados, o que significa que mais recursos estão disponíveis do que o necessário. Ambientes densos de computação acabam com capacidade de armazenamento ocioso e ambientes exigentes de capacidade de armazenamento acabam com CPUs ociosas.

Os desafios de eficiência de uma arquitetura Hiperconvergente

Hoje, os profissionais de TI usam pelo menos dois métodos principais para tornar seus ambientes HCI mais eficientes no provisionamento de computação, rede e armazenamento.

Opção 1: Nós mais poderosos e de maior capacidade

A primeira opção integra nós mais poderosos e de maior capacidade ao software HCI que pode tirar proveito deles. Onde a arquitetura HCI prefere clusters de alta contagem de nós por motivos de desempenho e disponibilidade, o objetivo dos ambientes HCI que usam nós mais poderosos é manter a contagem geral de nós em um nível mínimo. 

 

Enquanto esses nós mais poderosos custam mais por nó, sua despesa geral é menor porque há menos deles, o que também significa menos infraestrutura de rede e gerenciamento mais simples. 

 

A estratégia de nós mais poderosos fornece maior simplicidade de provisionamento de recursos do que a HCI padrão, porque há menos nós para gerenciar e mais cargas de trabalho podem ser executadas no ambiente. Ele ainda tem o potencial de ser o ambiente único para todo o data center, unificando todas as tarefas de provisionamento na mesma interface.

 

Essa estratégia para provisionar computação e armazenamento também melhora a eficiência, adicionando um recurso de expansão à técnica de expansão da HCI . 

 

Os profissionais de TI podem adicionar capacidade e computação adicionais a cada nó antes de expandir, adicionando nós adicionais. Essa abordagem não é apenas mais eficiente, mas também pode suavizar a curva de compras.

 

Do ponto de vista de custo-benefício, a abordagem de nó mais poderosa não apenas reduz o custo total de aquisição de hardware, exigindo muito menos servidores, mas também aumenta a eficiência de licenciamento de software.

Opção 2: infraestrutura hiperconvergente híbrida

Um dos motivos pelos quais a HCI é considerada mais simples do que outras abordagens de infraestrutura de data center é a consolidação da computação, armazenamento e rede em uma única camada. 

 

Uma vantagem da consolidação é que o software HCI pode garantir que os dados associados a uma máquina virtual sejam armazenados diretamente no nó no qual a VM está sendo executada. 

 

Esse acesso direto aos dados elimina a rede de afetar o desempenho de I/O de armazenamento, mas limita a quantidade de dados que cada nó pode armazenar antes que o fornecedor de HCI precise invocar uma estratégia de hierarquização.

 

A abordagem híbrida torna o provisionamento de recursos HCI muito mais eficiente que o HCI de maior capacidade. A equipe de TI apenas adiciona nós ao cluster quando precisa responder a uma demanda por mais poder de computação, geralmente devido a novos aplicativos. 

 

Quando a TI precisa responder a uma solicitação de maior capacidade, o provisionamento de mais armazenamento exige apenas a expansão da área de armazenamento compartilhado. 

 

O resultado deve ser nós executados em níveis muito altos de utilização da CPU sem criar um excesso de capacidade de armazenamento.

 

Como a maioria das expansões de HCI é uma resposta à adição de mais capacidade, em vez de poder de computação, a maioria dos data centers acha que o HCI híbrido requer um número menor de nós, o que deve ser avaliado de acordo com as demandas de cada infraestrutura tecnológica das empresas.

Decidindo entre nós poderosos e o modelo híbrido

Ao comparar as duas opções, ambos aumentam drasticamente a eficiência do provisionamento de computação e armazenamento quando comparados ao HCI de primeira geração. 

 

O conceito de nós mais poderoso funciona com o hipervisor e o software HCI existentes, mas requer um nó personalizado e criado para o propósito. Como alternativa, o modelo híbrido funciona com hardware de servidor mais tradicional, mas requer alguma personalização do software hypervisor.

 

Ambas as abordagens de provisionamento de recursos visam reduzir a contagem geral de nós e fornecer um desempenho aprimorado de I/O de armazenamento, o que deve levar a custos gerais de infraestrutura mais baixos. 

 

Cada um também deve ser capaz de suportar uma grande mistura de cargas de trabalho. Um modelo híbrido traz eficiência a um cluster com maior contagem de nós, enquanto nós mais poderosos eliminam grande parte da necessidade de expansão de cluster. 

 

A TI precisa decidir se a abordagem de maior desempenho por nó é uma melhor correspondência ou se eles têm cargas de trabalho suficientes para que a maior contagem de nós da HCI híbrida seja mais adequada.

 

Com a solução certa, sua empresa pode acelerar os negócios, aumentar os resultados, diminuir os ciclos de desenvolvimento e impulsionar novos níveis de agilidade nos negócios. Para saber mais, entre em contato agora mesmo com os especialistas da Visual Systems.

Sobre a Visual Systems

A Visual Systems é uma empresa de Serviços de Tecnologia da Informação, com 25 anos de mercado, especializada em ITSM, Datacenter, Cloud e Infraestrutura. A Visual Systems possui soluções para empresas que precisam de confiança para gerir seus negócios e superar os seus desafios.

 

Com atuação em todo o território nacional e também em países da América Latina, a Visual Systems possui um Centro de Suporte que adota processos de acordo com o padrão internacional de boas práticas, definidos pelo HelpDesk Institute – HDI.


O foco da organização é que o cliente tenha um ambiente completamente seguro e possa dispor as energias para o negócio enquanto nossa equipe garante que qualquer incidente em seu ambiente de TI seja rapidamente controlado, reduzindo impactos negativos e aumentando a eficiência e a produtividade da sua equipe.