8 ciberataques que assustaram o mundo

12 May

Na última sexta-feira, 12 de maio, um ataque cibernético sem precedentes afetou computadores em ao menos 150 países e perturbou o funcionamento de muitas empresas e organizações, incluindo o Brasil. Entenda o que aconteceu e como você pode se proteger. Mas o ransomware Wanna Cry não foi o primeiro registro de um grande ataque virtual. Veja outros ciberataques que assustaram o mundo.


1.  Roubo de e-mails do Partido Democrata
Em 2016, o roubo de e-mails dos Partido Democrata, nos EUA, e a divulgação das comunicações internas em sites como o WikiLeaks, abalaram a candidatura de Hillary Clinton. A CIA atribuiu o ciberataque ao governo russo, em possível associação a membros da campanha de Donald Trump.

2. Inverno rigoroso
Um vírus BlackEnergy infectou os sistemas de uma central elétrica ucraniana em 2015, e deixou sem aquecimento milhares de pessoas em pleno inverno. O governo da Ucrânia acusou Moscou de estar por trás do ataque, que promoveu danos civis.

3. Coreia do Norte e o ataque hacker à Sony 
Em 2014, depois do filme "A entrevista" satirizar o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, a Sony Pictures sofreu uma onda de ciberataques que levaram ao vazamento de informações internas que comprometeram a companhia. Os EUA atribuíram os ataques a crackers ligados a Pyongyang.

4. Hackers pesquisadores 
Segundo Edward Snowden, em 2013, hackers chineses roubaram projetos do jato americano F-35 para construir seu J-31. A ação teria poupado milhões de dólares e anos de pesquisa para a China.

5. Malware do petróleo
Em 2012, um malware danificou milhares de equipamentos de informática de uma empresa petrolífera da Arábia Saudita. O grupo Cutting Sword of Justice reinvindicou o ataque.

6. Smartphones infectados
Em 2012, um software malicioso infectou mais de 500 mil smartphones com Android na China. O vírus tinha autonomia no aparelho das vítimas, permitindo inclusive enviar mensagens de texto para realizar transferências bancárias ilegais.

7. Usinas de enriquecimento de urânio 
Um vírus poderoso foi desenvolvido para sabotar as usinas de enriquecimento de urânio do Irã, em 2010, e demonstrou um nível de sofisticação jamais visto anteriormente. Sua criação foi atribuída a Israel e EUA.

8. Primeiro ataque em um país inteiro
Em 2007, a Estônia foi vítima do primeiro caso em que um país inteiro sofreu um ataque cibernético. Uma série de ataques simultâneos colapsou os sistemas de informática do parlamento, ministérios, bancos e jornais. A Rússia foi acusada de conduzir os ataques.


CLIQUE AQUI e faça o download do eBook 
"5 passos para evitar os prejuízos de um ataque cibernético"